Seguidores: OBRIGADA POR VCS FAZEREM DE MIM UMA PESSOA MELHOR A CADA DIA.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

*O ULTIMO JULGAMENTO


Amado (a)... Está tudo bem contido/


Eu sei que esse artigo é um pouco extenso mas quero chamar sua  atenção para ele. Estive a pensar sobre o poder que algumas palavras têm de nos chamar atenção. Meu esposo sintonizou um canal de televisão que apresentava uma antiga dupla sertaneja que se não fosse pelo titulo da musica não teria minha atenção. O ULTIMO JULGAMENTO. Parei e ouvi. “Senta aqui neste banco pertinho de mim vamos conversar, será que você tem coragem de olhar nos meus olhos e me encarar? Agora chegou sua hora, chegou sua vez você vai me pagar! Eu sou a própria verdade, chegou o momento eu vou te julgar...”


Confesso que naquele momento senti meu coração bater mais forte a cada palavra que eu ouvia. O temor  tomou conta de mim e mesmo diante da certeza sobre a minha salvação não foi possível deixar de pensar no julgamento de Cristo. Todo joelho se dobrará. TEM UMA PARTE QUE DIZ: “Pedi pra você não matar nem para roubar, roubou e matou. Pedi pra você agasalhar a quem tinha frio você não agasalhou. Pedi para não levantar falso testemunho você levantou. A vida de muitos coitados, você destruiu você arrasou...”

Eu pergunto: Partindo do principio de que somos cidadãos cumpridores de nossos deveres e não delinquentes - Quantos sonhos e esperança nós já roubamos e matamos? Quantas oportunidades nós tivemos de abençoar a vida de alguém, mas fomos omissos e negligentes? Muitas, não foram nem pelo fator financeiro, sim por estar com o coração carregado de rancor, ódio e magoa. Em alguns desses momentos podemos ter usado nossas palavras para comprometer a vida de alguém de forma irresponsável e obscura. Podemos ter usado de subterfúgios para adquirir algo que pertencia a outro. Quantas vezes traímos sentimentos e confiança... , Deixamos de cumprir o que era devido no casamento, no emprego, no cargo na igreja e no relacionamento amigo?.


Continuando a musica: “Meu pai te deu inteligência para salvar vidas você não salvou. Em vez de curar os enfermos, armas nucleares você fabricou. Usando sua capacidade você destruiu. Você se condenou. A sua ganância foi tanta Que a você mesmo você exterminou... Foi você que causou essa guerra, destruiu a terra de seus ancestrais. Você é chamado de homem, mas é o pior dos animais. Agora que está acabado pra sempre vou ver se você é culpado ou inocente...” Somos dotados por Deus de inteligência para tornar o mundo melhor, mas o que vemos?  O preço que está sendo pago pelo conforto, tecnologia e progresso, é muito alto. Está levando nossos mananciais e nossas riquezas ecológicas. O nosso sono, nossa saúde, está de tal maneira que a raça humana está encaminhando para o seu fim com enchentes ceifando vidas todo ano nessa época de verão. (Sejamos solidários, oremos  por essas famílias). Constantes queimadas e desmatamentos  tem usurpado o lar de muitos animais e flora que são importantes para nossa sobrevivência

A degradação moral, a inversão de valores, a banalização das famílias, faz com que crianças sejam abortadas antes mesmo que possam se acomodar no ventre materno. Outras nascem contaminadas por doenças ainda incuráveis, diagnosticando uma vida breve e carregada pelo sofrimento e dor. Muitos desses pequeninos seres têm seu direito negado por pais e mães que os abandonam a própria sorte. Não é só a guerra que mata nossas crianças. Nós também as matamos, quando lavamos nossas mãos diariamente nas águas do descaso e do egoísmo.
É mais fácil atribuir a culpa ao sistema. Não querer ouvir o juiz que há dentro de nós pode causar sérios danos a nossa caminhada social e cristã... Esse juiz poderá dar uma sentença transitada e julgada sem direito algum para apelação... É a graça e a misericórdia de Deus que nos chama a razão! Ele é amor, mas também é fogo consumidor. É Pai e ao mesmo tempo, juiz que julga com equidade e justiça.

O QUE EU TENHO A VER COM ISSO? 
- Eu quero é poder viver com tranquilidade os meus problemas são suficientes na minha vida. Essa foi à resposta que ouvi de certa pessoa quando falávamos sobre os fatos que aconteceram no lugar denominado Cracolândia no centro de SP. Eu respondi: “temos tudo a ver”.  Ficamos admirados quando o jornal nos mostra o que ocorre na Cracolândia, mas fugimos de participar. Somos omissos. Não é só a policia que irá tirar todo aquele pessoal doente que estão ali escravizados pelo vicio que é espalhado por mentes dominadas pelo  dinheiro e pelo diabo.  Essa ação envolve todos.  Desperta igreja... Desperta Brasil! Foi por essas vidas que Cristo também morreu. Ele não veio ao mundo pelos sãos, sim pelos doentes do corpo e da alma. Temos responsabilidade diante de Deus por essas vidas. A falta de tempo, a briga por espaço, a necessidade de adquirir bens materiais, tem formado pais ausentes e sem afeto... O diabo sabe que o fim está próximo, que os valores da sociedade estão mudando. Está destruindo as famílias, colocando confusão e loucura na mente das pessoas. Nessa indústria humana, crianças são forjadas na frieza dos relacionamentos, cujos corações e as mentes são cauterizados pelo mal. Estão sendo criados robôs vestidos de carne humana.

Eu não aceito e não acredito que crianças de 9 a 14 anos tem idade para carregar responsabilidades sobre si mesmo. Para isso Deus instituiu a família, criou pai e mãe, deu a esses a missão de mentores sanguíneos e espirituais. A maioria que está na Cracolândia  foram e são crianças e adolescentes abandonados a sua sorte. Essa idade é para estar no carrinho de rolimã, na bicicleta correndo pelo parque. No campinho de futebol com os amigos e na escola dominical da igreja, aprendendo os princípios norteadores que guiam o caráter de um homem e de uma mulher. Não é para estar vivendo a morte em vida. “A Bíblia nos diz para ensinarmos a criança o caminho que deve andar...” Mas o que vejo ultimamente são pais que fazem da tevê uma babá, dos videogames a distração e o lazer; do computador uma base para relacionamentos. A escola é tida como a responsável pelo cidadão. Culpa-se o estado, os governantes, os pastores e sei lá mais quem... Grande síndrome adâmica. Foi-se o tempo quando filho era a continuação de uma família, o crescimento e o futuro de uma sociedade. Hoje, são sobras de relacionamentos efêmeros; do ficar depois das baladas; da inconsequência de um lar desestruturado e vazio. De uma casa sem Deus, sem amor e sem compromisso. Mostremos a eles que é possível viver diferente! Se você ainda não foi despertado para levar o refrigério ao seu próximo pelo menos uma hora da sua semana, comece agora!

No término da canção a ultima frase ficou guardada em minha mente: ”Seu ouro falou alto, você tudo comprou, pisou nos mandamentos que a lei santa ensinou... A mim você não compra com o dinheiro seu. Eu sou Jesus Cristo, o Filho de Deus.” Enquanto houver vida haverá uma chance para recomeçar. Há sempre uma oportunidade digna... Deus tem sempre uma porta para ser aberta. Eu sou testemunha viva disso! Quantos passos errados poderiam ter sido evitados se eu estivesse olhando sempre para o alto.

A PORTA DA GRAÇA ESTÁ PARA FECHAR. Você sabe para onde irão tantas vidas sem Jesus?  SE VOCÊ MORRESSE HOJE, TERIA A TRANQUILIDADE DA VIDA ETERNA DO OUTRO LADO DA VIDA?

Que Deus em Cristo te abençoe ricamente, despertando- te para uma realidade que não temos como fugir.
Abraços Fraternos.
*Missionária Cleusa Klein

4 comentários:

JCavalheiro disse...

A Paz do Senhor Missionária Cleusa!

E saber que essa música tem sua origem no meio sertanejo, chamado "profano", com maior profundidade e expressando verdades, enquanto muitos dos chamados hinos cantados no meio evangélico, "sacro", são de uma superficialidade tal que não dizem nada, apenas enchendo espaço, para não dizer outra coisa menos nobre.
Deus continue a abençoa´-la nesse Ministério que Ele colocou em suas mãos.
Saudações de...
Pr. João Q. Cavalheiro
www.aramasi.blogspot.com

OUÇA A PALAVRA DO SENHOR disse...

A Paz do Senhor.

Ao ler este texto, fiquei pensando nas noites que para mim ganho e nunca perco ao ler a Palavra de Deus para meus filhos, sempre falo para eles do amor de Deus, seus princípios e também o quanto os amo e são importantes para mim. Isso tem sido tão forte na vida deles que outro dia meu filho de apenas 5 anos preocupado com a salvação de um coleguinha, falou de Jesus e do céu para ele. Tudo isso que a irmã falou é realmente muito valisoso, outro dia pensando naqueles que ainda não ouviram de Jesus na rua de minha casa, juntamos alguns folhetos evangelísticos e de ponta a ponta de nossa rua entregamos estes folhetos para que mais e mais pessoas pudessem ouvir desse Jesus Maravilhoso e não se tornarem escravos deste mundo vil. Deus continue usando você como instrumento de sua vontade.
Gostaria também de agradecer o seu comentário em nosso blog

CLEUSA KLEIN disse...

É VERDADE JCARVALHO... MELODIAS TEM LINGUAGEM UNIVERSAL, MUITAS QUE EDIFICAM, OUTRAS NEM TANTO.

Artes e escritas disse...

Este texto é muito bom, chama a atenção para os problemas da vida moderna e o reflete sob o ponto de vista bíblico, onde todos seremos julgados. Um abraço, Yayá.