Seguidores: OBRIGADA POR VCS FAZEREM DE MIM UMA PESSOA MELHOR A CADA DIA.

sábado, 14 de maio de 2011

Não a ditadura gay

"Ditadura gay"

O vice-presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Marcel Alexandre da Silva (PMDB), disse ontem que "não aceita essa ditadura gay" ao repercutir no plenário da casa a decisão do STF que reconheceu a relação homoafetiva como uma família.

"Sou contra isso. Vou estar lutando pela família, pela família natural, que é a instituída por Deus. Respeitamos a opção sexual de cada um, mas não aceito essa ditadura gay na sociedade", afirmou o parlamentar, que é líder da bancada evangélica e faz parte da igreja Ministério Internacional da Restauração.
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Minha palavra

"Homossexualismo não é uma lei que deve ser imposta a sociedade. Assim como o fumante o gay deve preservar todos aqueles que não querem comungar de sua opção sexual. O direito de aceitação ou não cabe a todos e não apenas a um grupo.
Eu gostaria de saber se dentro de uma família gay um filho terá um pai e uma mãe. Ele poderá chamar fulano de pai e o outro será chamado de mãe? Deus criou homem e mulher, nada mais foi acrescentado. Sabendo que duas pessoas do mesmo sexo não podem gerar filhos, onde fica a ordenança de Deus: "Crescei, multiplicai e enchei a terra?" sendo assim, o homossexual é contra a Bíblia, sendo contra a Bíblia é contra Deus, sendo contra Deus, nós cristãos devemos ser contrários a eles. Contrários não a pessoa, mas aos seus atos. A união de dois homens ou duas mulheres é uma aberração tão grande, quanto um bicho de sete cabeças, se é que ele existe."
"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens".
Atos 5:29

Cleusa de Souza Klein

6 comentários:

Diego Lopes disse...

Cara Cleusa,
vc tem personalidade! Legal ver pessoas assim, que expoem sua opiniao e desejam com tal exposicao alcançar a outros com a verdade que liberta, cura, sara... Jesus é essa verdade!
Gostei do seu comentario la no blog Paixao e Compaixao, sobre as perguntas retórias. Concordo com vc quando diz que algumas daquelas perguntas nao eram nem para serem ditas... As perguntas nao foram feitas para ofender, machucar ninguem, e sim para fazermos parar e ver o rumo que nossa igreja está tomando! Não são heresia... São libertação!
Estarei passando aqui pelo seu blog, e também comentarei sobre os seus posts... Espero que aquela minha postagem te faça meditar (assim como ela fez comigo) e que Deus faça você enxergar além das entrelinhas de uma simples mensagem "revoltada"...

Diego Lopes disse...

fazendo um comentario, sendo simples:
Deus não ama a viadice, mas ama muito o gay...
Devo é tomar cuidado com o que combato: se é a viadice ou se é o gay.
Paz!

Regina Célia disse...

Amémmm.Temos que nos espressar como eles fazem,pois temos mais direitos pela lei como o Silas Malafaia disse.Deus ama o ser humana e não as suas atitudes corruptíveis.Bela postágem amada.Tenha uma semana abençoada.BJS.

CLEUSA KLEIN disse...

Olá Diego... Paz querido. Uma das maravilhas que temos ao fazer parte da família de Cristo é a liberdade embasada na certeza de que sabemos para o que fomos chamados. Eu sei que as perguntas foram expostas buscando abrir um leque para informações e conhecimento. A Bíblia nos diz que Cristo veio salvar a humanidade, independente de sua cor, raça, poder aquisitivo ou opções de vida. Ele ama o homem literalmente e de forma incondicional, deseja que se liberte da cegueira e se negue a permanecer no pecado aceitando a transformação através da salvação dada por Ele. Enquanto o inimigo estiver arrebanhando vidas dentro do homossexualismo é nosso dever lutar para esses sejam libertos desta escravidão. Ninguém nasce homossexual. Por amor a essas vidas é que não podemos calar. Do contrário, as pedras clamarão. Agradeço sua presença... volte sempre! vc tem conteúdo diferenciado para transmitir a todos nós.

Abraços

No Amor de Cristo

CLEUSA KLEIN disse...

Obrigada Regina, vamos amar e orar, pedindo a Deus sabedoria para trabalhar essa situção.
Volte sempre
Paz!

CLEUSA KLEIN disse...

O pior de tudo é ver que nem 50/º dos cristãos se manifestaram sobre essa aberração. Precisamos agir como nas diretas já, mostrar que o nosso capitão é Cristo. Convém nos lembrar das palavras do apostolo Pedro “devemos obedecer a Cristo a não ao homem”!
Nossa luta não contra o ser humano que está preso em seu pecado, sim contra suas práticas totalmente contrárias a palavra de Deus. Se for contra a Bíblia é contra Deus, se é contra Deus, somos contrários a eles. Que Deus nos ajude nessa Sodoma que se manifesta a cada dia, nos conceda sabedoria para lutarmos e amor para amar os homossexuais levando a palavra que liberta. Ninguém nasce gay. É menino ou menina, masculino ou feminino, homem ou mulher. Deus n fez meio termo ou terceiro sexo!