Seguidores: OBRIGADA POR VCS FAZEREM DE MIM UMA PESSOA MELHOR A CADA DIA.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

QUEM É VOCÊ... QUEM SOU EU?

“Quando você vê alguém, naturalmente, vê apenas a ponta do iceberg acima da água”, segundo Harrye e Cristine Beckwith, autores de Venda-se: a arte de construir uma imagem.

De fato, a maioria das pessoas com quem nos comparamos o tempo todo, independentemente do que possam parecer, estão sujeitas a falhas, deslizes de toda ordem, têm vários defeitos e, em muitos casos, conseguem ganhar menos do que você e vivem mais insatisfeitas. O lado avesso de cada um é sempre uma incógnita e nem sabemos por que nos preocupamos com ele.


A impressão que temos é a de que todas as pessoas ao nosso redor são mais felizes, possuem mais bens, conseguem as coisas com mais facilidade e vivem mais sorridentes. De alguma forma, estamos sempre tentando nos aproximar delas ou queremos ler e conhecer algo a seu respeito para descobrir e copiar a razão do seu sucesso, como se a felicidade alheia fosse algo assim transferível, num passe de mágica. Fomos feitos pra influenciar, somos como esponjas. Absorvemos para depois passar adiante. Tudo que você reproduz, foi produzido por alguém, ainda que você não perceba. E esse alguém já foi inspirado por alguém. Que foi inspirado por outro alguém. E nessa cadeia a gente chega a Jesus, o próprio Deus que veio em carne e osso nos inspirar de perto. O que não podemos fazer é permitir que, uma inveja reprimida dentro de nós crie suas raízes e faça morada. Pessoas são pessoas, com todas as suas virtudes e os seus defeitos. A diferença entre elas está no ego, no caráter que demonstra.

Entretanto, não existe ego que não tenha o seu calcanhar-de-aquiles, o que nos leva a crer que todas as pessoas são frágeis embora à maioria demonstre uma falsa condição de superioridade ou de uma força superior indestrutível. Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos muito bem.  Graças a Deus, não temos o dom de conhecer o lado indescritível nem irremediável das pessoas. Se nos fosse concedida essa dádiva, a decepção seria grande; portanto, é melhor alimentar a nossa própria fantasia, afinal, não somos infalíveis também. Quando nus diante do espelho, somos completamente iguais e incorrigíveis; frágeis e carentes; cheios de dúvidas e de complexos. As roupas são as melhores amigas do homem e da mulher, pois ajudam como mascaram que cobrem nossos defeitos. .


Comparar a si mesmo com outros durante o tempo todo é, de fato, uma perda de tempo irrecuperável. Não podemos ser outra pessoa embora possamos fingir ser alguém que não somos. Quando agimos assim, na melhor das hipóteses, as pessoas ao nosso redor vão nos aturar, porém vão reconhecer facilmente a nossa deficiência em nos aceitar e rejeitar a nossa falsa integridade.  Todos nós temos dois lados: um deles é o comum, previsível, facilmente retocável de acordo com as circunstâncias. Em último caso, um bom banho e uma roupa limpa resolvem. O outro é imprevisível, incomum, impossível de ser maquiado, atormentado com frequência pela nossa vigilante consciência. E não há nada que castigue mais uma pessoa do que a sua própria consciência.  O apostolo Paulo escreveu em Romanos 7: 15: “Porque o que faço eu não aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço”.

Equilibrar os dois lados é um desafio;  Infelizmente, não podemos evitar o julgamento nem o pré-julgamento alheio, mas podemos evitá-los a partir de nós mesmos. Apesar de condenável, em muitos casos, o comportamento alheio só nos diz respeito quando somos canais de benção em favor da mudança para o melhor. Temos o nosso lado avesso também. Se algum dia ele vier à tona, feito um iceberg, talvez tenhamos vergonha só de lembrar o que fizemos com muita gente. Somos seres resgatados por Cristo vivendo em terra estranha, o que nos chama a viver em verdade e justiça. Que nos mostra o quanto somos falíveis, sujeitos a erros e acertos, mas, responsáveis pela consequência de cada um desses.
Seja exemplo! Se cair, seja humilde para aceitar ajuda, deixa Deus te levantar. O cair é do homem... O levantar é de Deus. O apontar é do diabo!


Pense nisso e seja feliz. 
Abraços fraternos


*IMAGEM RETIRADA DA INTERNET

15 comentários:

Marina Fligueira disse...

HOLA CLEUSA-KLEN:
Me encanta tu texto.
Pienso mucho en lo que cuentas y trato de ser feliz,
las personas que miran lo que otros tienen, o quieren imitarle, no son felices no.
Sólo los envidiosos quisieran que fuera transferible la felicidad ajena, y no es así -cada uno es como es y debemos conformarnos con lo que tenemos -momo lo que somos y no pretender ser como el otro. Ante Dios todos somos iguales nadie es más que nadie y la envidia es una la lacra de efectos catastróficos.
Gracia por regalarnos tus interesantes letras. Te dejo mi gratitud y mi estima. Un beso y ser felices.

Edenícia disse...

Faz-se necessário sabermos quem somos de fato para que possamos enxergar o outro da forma como ele é e não como julgamos que seja.
Bjs

Patricia Galis disse...

Julgar e ser julgado, fazer comparações e ser comparado, quem somos ou não?
Acho que durante a vida e conforme vamos amadurecendo aprendemos a lidar com tudo, e ai sim talvez descobrimos quem somos de fato.

CLEUSA KLEIN disse...

Gente amiga... obrigada pela presença de cada um (a). Temos dentro de nós o melhor juiz de nossa vida; "Nossa consciência!'. Se ela n estiver cauterizada, seremos sábios em nossos pensamentos e atos.

abraços

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
Quem sou eu? Para onde vou? São perguntas muitas vezes que nos fazem pensar.que bom quando pensamos e damos um novo rumo para nossas vidas.
Grande abraço
se cuida

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia amada amiga!
Prazer te receber no meu cantinho ´´´grata tbm conhecer seu cantinho e as mensagens que deixas engrandece muito o ser humano...
bjssssssssssssssssssss

Arnoldo Pimentel disse...

Passando para conhecer seu espaço.Muito bom e repleto de verdades o texto, parabéns pela postagem.Já sigo.Um domingo de pazpra você.

Nestor - ---------------------------- disse...

Oi Cleusa,
realmente as vezes fico um tanto perdido sem saber o que quero para mim. Não sei se é natural pois já passei dos 30. Mas talvez a falta de uma pai na minha criação me fez perder algo, algo que não sei o que é... Só peço que o Senhor me ajude e me dê a direção para viver dias melhores!

Abraços Missionária!

JCavalheiro disse...

A Paz do Senhor Miss.Cleusa!!

Obrigado, mais uma vez, por suas palavras deixadas em seu comentário no meu blog. Desejo também as bênçãos de Deus sobre a sua vida, de sua família e de sua igreja. Que esta também seja uma semana repleta de frutos espirituais.
Abraços de seu irmão em Cristo...
João Q. Cavalheiro

Waldir disse...

Uma coisa que nunca fiz foi me comparar com alguém, mas claro que ja tive a impressão de serem mais felizes que eu, mas ai buscando a Deus sinto seu amor e vejo seu amor por mim, ai me conforto.

Escritora de Artes disse...

Oi Cleusa,

Um texto bem reflexivo, cada um é cada um nesse mundo.

Obrigada pela visita

Bjos

Pr. Ivan Pereira disse...

Bela reflexão missionária, um tema muito oportuno, eu pessoalmente enfrentei muitos dissabores nessa questão, precisamos orar a Deus e pedir sabedoria para não agirmos erradamente.Abraço e boa semana.

Rita disse...

Olá bom dia pra você,visito seu Blog
e deixo aqui um abraço pela postagem
sempre gratificante ,que gosto muito!
Minha frase de hoje!

Se um dia errei,aprendi com o Tempo
Que a minha maior virtude,é reparar
a Tempo meu erro.

(Rita Sperchi)

Nestor - ---------------------------- disse...

É só confiando em Deus aprendemos a como lidar com os conflitos...

Minha irmã está melhorando, ainda irá passar por uma cirurgia para trocar os ferros que ela tem na perna, mas está bem. Não sei se ela irá honrar o voto que fez a Deus mas isso veremos qual será seu comportamento..

Abraços.

Suely Rezende - Ministério HD disse...

Ola Cleusa,

Graça e Paz!!!

Um tema bem complexo, mas um texto bem claro.

Obrigada por compartilhar em meu blog, recebo seus comentários com mta alegria.

beijos
Suely